Professores Kinomichi

CHRISTIANA CAVALCANTI

O Kinomichi transformou minha dança. Será que a dança transformou meu Kinomichi?
Christiana Cavalcanti traz para a construção da cena o cruzamento de importantes linguagens e de diferentes referências estéticas vivenciadas e acumuladas ao longo de sua trajetória.

Dança em Recife: Início

Em Recife iniciou seus estudos de dança clássica e contemporânea, por onde dançou em diversas companhias e estabeleceu parcerias de trabalho com referências da dança e teatro, como Zdenek Hampl e Mônica Japiassù, paralelamente realizou sua graduação em Educação Artística pela Universidade Federal de Pernambuco (1981 – 1984).

Dança em São Paulo: Encontros com os Mestres

Posteriormente transfere-se para São Paulo, no intuito de dar continuidade aos estudos, onde conhece importantes nomes da dança, como Klaus Vianna, Zélia Monteiro, e criou espetaculos com Mariana Muniz, Sônia Motta e Ivaldo Bertazzo.

Dança na Europa: Grandes Parcerias

Em 1988 transferiu-se para Paris onde formou-se pelo Centre National de la Danse de Paris e atuou como professora de dança contemporânea, coreógrafa e como bailarina profissional. Neste período estudou e trabalhou coreograficamente com Dominique Duszynski, Jean-François Duroure e Jean Sasportes, todos ex integrantes da Cie Pina Bausch.
Em Amsterdam, entre os anos de 1995 e 1998, Christiana colaborou na criação de quatro espetáculos do coreógrafoMarcelo Evelin, dançou em Atena e Love in Hell e trabalhou como assistente de coreografia e preparadora corporal nos espetáculos Febril e Ai Ai Ai, este último recebeu o Prêmio de Prata das Artes na Holanda.

Dança em Rio de Janeiro: Volta ao Brasil

Em 2006 criou “Sintonia” com direção de Zdenek Hampl e com a colaboração do músico Alexandre Garnizé que estreou no Festival de Dança do Recife, em seguida no Festival Panorama de Dança no Rio de Janeiro e com o apoio do edital da Caixa Cultural, apresentou em São Paulo e Curitiba.
No Rio de Janeiro, fez parceria com vários artistas, entre eles Dudude Herman (BH), Isabel Lemos (SP), com quem organizaram oficinas e improvisos. Na RAMPA, Lugar de Criação, realiza encontros, ateliês e improvisos de dança, teatro, música, e recebe artistas de diferentes lugares.

Kinomichi

Ainda em Paris, ela estuda profundamente o Kinomichi, uma prática corporal que vem complementar o seu trabalho de dançarina e que pontua a partir desse momento toda a pesquisa e construção de seus novos trabalhos e experimentações no campo da dança.
Em 2003, ao retornar para o Brasil, Christiana introduz no país a arte do Kinomichi.
O Kinomichi, método Noro, criado em Paris em 1979 por Masamichi Noro, é uma arte de origem japonesa. Disciplina não competitiva que se dirige a todos. Permite unir pessoas de idades e experiências corporais diferentes.

Nos últimos anos

OFICINAS/WORKSHOPS DE DANÇA E KINOMICHI

  • Cia de Teatro Balagan (São Paulo) – 2014 e 2015
  • Oficina Temperada – 2014 e 2015
  • Colaboração/Criação do espetáculo “Héliogabaalo II”, Cia dos Prazeres – 2014
  • Abondance – França – 2013 e 2014
  • Salvan – Suíça – 2012

EVENTOS/CRIAÇÕES

  • Solos para Dojo – 2013, 2014 e 2015
  • Consulta dramatúrgica para o espetáculo de dança “Assim você saberá onde estou, aqui e lá”, de Luisa Coser – 2014
  • Criação junto à Cia dos Prazeres no espetáculo “Héliogabaalo I” – 2013

VICTOR LABOURET

Nascido na França e residente no Rio de Janeiro.
É professor de Kinomichi desde 2002.
Participou da concepção e organização da Rampa, Lugar de Criação em 2008/2009.

Kinomichi – Arte Marcial do Século XXI

2009: Ensina o Kinomichi na RAMPA, Lugar de Criação.
2002: Credenciado pelo Mestre Noro, para ensinar O Kinomichi no Brasil.
1990: Começa a prática do Kinomichi® com Mestre Noro e Catherine Bazin.

Consciência do Movimento – Angel Vianna

2012: Diploma de pós-graduação em Terapia através do movimento na Faculdade Angel Vianna.
2004-2007: Segue aula de consciência do movimento com Angel Vianna.

Matemática e Contabilidade

2002: Doutorado em administração de Empresa: HEC Paris
1986 – 1994: Trabalha como software de banca no vários países: Suíça, Estados Unidos, França
1985: Diploma de matemática na Suíça – ETHZ Zurich

 

Christiana Cavalcanti e Victor Labouret  foram os idealizadores da Rampa, Lugar de Criação. Ambos são credenciados para  introduzir o Kinomichi no Brasil desde 2003. Discípulos de Mestre Noro desde 1990, atualmente residem no Rio de Janeiro onde desenvolvem essa arte.